HoD_ChickenBus-0231

Já andou de ônibus de galinhas?

Gabriela Muniz Volta ao Mundo 1 Comment

O ônibus parece um carro alegórico. São coloridos, vibrantes, decorados por penduricalhos de todos os tipos, cheios de frases motivadoras pintadas nas mais diversas cores! Tudo sem padrão e ao gosto dos proprietários de cada exemplar. A música é alta e traz um sertanejo espanhol! A carga transportada não se resume a pessoas! Tem de tudo! Além de gente, tem alimentos, malas, trouxas, eletrodomésticos, animais e até galinhas! Sim, galinhas!! Dizem que é daí que o tipo de transporte mais popular da América Central ganhou o nome de Chicken Bus, ou Ônibus de Galinha!

E foi o Chicken Bus que mais nos ajudou a cruzar toda a América Central. Dentro dele vimos e vivemos tanta coisa em cada trecho viajado que este estilo de viagem se transformou no principal componente gerador de paixão e aprendizado por uma região tão peculiar e pouco conhecida pelas pessoas.

Em um Chicken Bus é possível viajar por mais de 5 horas e paga-se menos de US$ 1 dólar. O conforto é nulo. Cada banco comporta 2 pessoas, mas chegamos a andar com até 4 no mesmo espaço. Nesse transporte viajam todos os tipos de pessoas: velhos, mulheres, crianças, adultos, bebês e tudo que eles podem carregar. Na maioria das vezes carregam seus celulares e escutam música alta, sem dar a mínima ao vizinho, que também está ouvindo sua própria música. Uma forma bem curiosa de respeito ao próximo.

É possível também conhecer os costumes alimentares do povo centro americano. O frango está presente em todas as refeições e dentro do ônibus eles levam frango, com alguma fritura e uma verdura. Tudo dentro de um saquinho plástico. Utilizam as mãos para devorar suas refeições. E tristemente jogam os restos no chão do ônibus ou pela janela.

Se você chegar em cima da hora para uma viagem longa e se esquecer de comprar algo para comer, não é preciso se preocupar. A cada parada, um enxurrada de vendedores ambulantes entra no ônibus lotado, oferecendo seus quitutes típicos que sempre salvam a vida na hora da fome.

A mistura de culturas é nítida! Indígenas, descendentes de espanhóis e gringos, todos dividindo o mesmo espaço e compartilhando da mesma simplicidade. Não é difícil puxar conversa com um passageiro, que na maioria das vezes se mostra solícito, curioso sobre a sua história e interessado em ajudar.

O Chicken Bus representa a história, a cultura e principalmente a economia de um povo marcado pela pobreza, dificuldades e falta de recursos. Transforma a travessia da América Central em uma imersão cultural, cheia de cores, de idiomas e de pessoas simples.

Para aqueles com desejo de se inserir profundamente na cultura e forma de vida local, é uma experiência única e indescritível.




Gostou? Então compartilhe com os amigos!

Quem escreve

Gabriela Muniz

Facebook Twitter Google+

Engenheira de Alimentos, Pós Graduada em Gestão de Negócios, Empreendedora e Blogueira. Amante da natureza, de viagens, de conhecimento! A Expedição HANDS on DREAM não é só a realização de um sonho, mas também um Projeto de Vida.

Últimos posts

Converse com a gente!

Comentários

Comments 1

  1. eliane oliveira

    Oi, então andei em alguns parecidos lá no Maranhão, rsrsrs. O mais legal era o coco, depois que bebiam á água ele aparecia rolando por baixo das poltronas. Eu me divertia….

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *