HANDSonDREAM-Nicaragua-9025

O ser humano destrói!

Gabriela Muniz Volta ao Mundo 3 Comments

Já falamos por aqui que nem tudo são flores, certo? Sempre há um lado bom e um lado ruim em tudo que vemos, visitamos, fazemos! E gostamos de dividir com nossos amigos leitores não só a parte bonita de nossa experiência, mas também nossas dificuldades, problemas e decepções ao visitar um lugar!

Vimos muitas coisas bonitas por onde passamos! Uma cultura riquíssima e impressionante, algumas belezas naturais que vão ficar marcadas em nossa memória, pessoas maravilhosas… Mas junto a isso vimos muita, mas muita pobreza, muito lixo e muita falta de consciência ecológica! E isto nos deixou muito chocados.

Já percorremos um bom caminho na América Central. Iniciamos em Belize, passamos pela Guatemala, visitamos Honduras, estamos curtindo a Nicarágua e em muito breve estaremos na Costa Rica. O que vimos de um modo geral foi um povo bastante simpático e pobre, vivendo em condições de miséria, no meio do lixo e da sujeira. Resultados da falta de consciência ecológica. As pessoas jogam lixo no chão sem nenhum pudor. Vimos essa cena inúmeras vezes! As crianças estão sempre sujas com roupas encardidas brincando entre latas de refrigerante e papel higiênico usado no terreno de suas próprias casas. A falta de higiene começa dentro de casa e por isso fica difícil conscientizar, mostrar a importância de manter o seu ambiente limpo.

E olha que essas atitudes não vem somente de pessoas pobres! Vimos indivíduos em carros de luxo, muito bem vestidos, jogando lixo das janelas de seus carros ou no meio da rua! E muitas vezes a lixeira não estava nem a 10m de distância! É triste e ao mesmo tempo revoltante!

Por estas bandas o lixo está por toda parte. Algumas cidades até cheiram mal por conta disso. Nas estradas, aonde cruzamos inúmeros vilarejos, vimos lixo espalhado entre as casas, na beira da estrada. Os motoristas dos ônibus jogam lixo na rua enquanto dirigem. Os passageiros jogam lixo e comida, tipo aquele bagaço da laranja, no chão do próprio ônibus! Algumas praias e lagoas estão com muito lixo acumulado e as pessoas parecem não se preocupar, nadando tranquilamente. Inclusive nas trilhas controladas por parques nacionais vimos lixo.

Entendemos que isso faz parte da cultura. De fato a consciência ecológica, a preservação ambiental e a preocupação com o meio ambiente não é assunto prioritário para a maioria da população centro americana.

Percebemos que pouquíssimos lugares se preocupam em separar o lixo para reciclagem. Não há quase coleta seletiva e quando perguntamos sobre o assunto as pessoas não sabem responder exatamente o que é feito com o lixo ou para onde vai.

Nos lugares mais pobres o saneamento básico praticamente inexiste. E a pobreza atinge a grande maioria da população, que vive sem água encanada, em barracos de madeira ou latão e com esgoto a céu aberto. Banheiros no estilo fossa, com furo no chão ou ainda com latões fazendo a hora de privada podem ser vistos por todos os países que passamos até aqui, mesmo nas grandes cidades.

HANDSonDREAM-Nicaragua-8939

Assim como no Brasil, a desigualdade social é gigante. Os salários da maioria sãos baixíssimos e o mercado informal domina as pequenas e grandes cidades.

Pelo que vimos, o problema ainda está longe de ter uma solução! Os países, por menores que sejam, ainda contam com muitos problemas, ainda estão muito atrasados em relação a uma série de quesitos, entre eles o lixo, a sujeira e a falta de higiene.

Isso nos dá uma certeza! O Brasil se comparado aos países da América Central já deixou de ser um país de terceiro mundo há muito tempo! Temos muitos problemas, muitas melhorias e um longo caminho de desenvolvimento pela frente. Mas podemos dizer que já passamos por muitos obstáculos e estamos adiantados, de uma certa forma. Estamos no caminho certo!

É por isso que viajar nos trás tanto aprendizado! Nos abre a mente! Nos faz enxergar o mundo lá fora! Nos mostra as diferenças! Nos faz valorizar o que temos de bom na nossa terra e também nos mostra o que poderia ser melhor! Quando estamos no nosso dia-a-dia, na nossa rotina, vivemos numa zona de conforto e nos acostumamos com as situações, sejam elas boas ou ruins!

A estrada abre nossos olhos de uma maneira que jamais poderíamos abrir vivendo a rotina diária! Ela te faz pensar como é possível viver em situações tão extremas ou ainda como há coisas melhores por aí! É algo difícil de explicar!

Continuamos na nossa jornada abertos às experiências e dispostos a entender como as pessoas vivem nas mais diversas situações. Infelizmente gostaríamos de encontrar mais igualdade, menos pobreza, mais recursos para os indivíduos. O que nos consola é ver sorrisos, alegria espontânea, simpatia e felicidade mesmo quando as condições financeiras e modos de vida são tão desfavoráveis! É possível ser feliz com pouco. Por outro lado, é triste ver nossa raça destruindo cada vez mais o planeta.

“O homem é o único ser sensível que se destrói a si próprio no estado de absoluta liberdade; qualquer outro animal, quando se despedaça, é para destruir prisões e quebrar cadeias”

Bernardin de Saint-Pierre

Converse com a gente!

Comentários

Comments 3

  1. Marcos Nichimura

    Bom dia, bom dia! =]
    Quanto à isso eu tenho uma visão meio ‘forte’ da coisa toda.
    Utilizemos o exemplo de que ninguém nunca tenha dito à uma pessoa que não é bom jogar lixo no chão. Tranquilo. Essa pessoa vai jogar uma, duas, três, cem vezes, e ver que tudo que ela jogou não está saindo de lá (salvo lixo orgânico), e com isso vai começar a perceber que a junção de muito lixo num mesmo lugar começa acarretar várias coisas como mal cheiro e doenças. Isso é fato, o ser humano por menor que seja o seu QI consegue perceber isso sozinho, sem ajuda ou conscientização.
    O ser humano não é burro, é acomodado!
    Mas isso, é só a minha opinião.
    Saúde, paz e boa viagem! =]

  2. Eliane Oliveira

    Puxa vida! é mesmo triste ver isso, então percebemos o quanto nosso país tem trabalhado na conscientização ambiental e o quanto progredimos.

    Abraços!

    1. Post
      Author
      Gabriela Muniz

      Exatamente Eliane!!!! A gente costuma só pichar e olhar o lado ruim do nosso país, porque realmente ainda temos muito a melhorar! Mas o Brasil está muitíssimo adiantado em relação aos países da América Central. Se comparado a eles, podemos dizer que já somos primeiro mundo, de longe! Aqui ainda existem coisas difíceis de acreditar! Obrigada por nos acompanhar de pertinho!!!! Continue por aqui!!!! Ficamos muito felizes com os comentários!!!! Abs!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *