HANDSonDREAM-Mexico-9736

O carinho dos Mexicanos

Gabriela Muniz Uncategorized

Decidimos escrever uma matéria somente para compartilhar com nossos leitores quanto carinho e atenção temos recebido dos mexicanos. Estamos sendo muito bem tratados até agora e acreditamos que comportamentos como esses também nos inspiram ainda mais a seguir em frente com mais alegria para continuar o nosso projeto e perceber em cada gesto ou comportamento, atitudes inspiradoras, por mais simples que sejam!

 Hospitalidade imensa de Guadalupe e Gustavo

 HANDSonDREAM-Mexico-3234Na cidade do México, nós utilizamos o Couchsurfing e fomos recebidos por um casal maravilhoso! Difícil conseguir traduzir todo o cuidado que tiveram conosco, o quanto nos ensinaram e como se preocuparam a cada simples necessidade que tínhamos! Nós passamos quase 10 dias hospedados na casa deles e tivemos momentos maravilhosos! A Guadalupe sempre muito disposta, fazia questão de nos preparar deliciosos cafés da manhã para tomarmos juntos e jantares muito saborosos, de forma que a cada dia pudemos experimentar um prato mexicano diferente. E o melhor: comida caseira!!! O Gustavo com seu riquíssimo conhecimento sobre a história e cultura mexicana nos ensinou muito! Aprendemos sobre as culturas pré hispânicas, sobre a invasão espanhola, sobre o movimento Zapatista e muito mais. Certamente todo esse conhecimento está nos proporcionando uma visão muito mais profunda do México e uma proximidade ainda maior com seu povo. Estamos literalmente fazendo uma forte imersão na cultura mexicana. Passeamos juntos por diversos locais, muitos deles não turísticos, que adoramos, saímos para tomar pulque (bebida muito tradicional que surgiu antes da tequila), assistimos o Ballet Folklórico, fomos ver os Mariachis tocando na praça, assistimos a luta livre e cozinhamos juntos! Foi uma experiência intensa e até mesmo nos momentos em que não estávamos juntos, eles faziam questão de nos ensinar detalhadamente onde deveríamos ir, que transportes utilizar e ainda nos davam dicas essenciais para aproveitarmos ainda mais nossos dias incríveis na Cidade do México.

Receptividade impagável de Rodrigo

HANDSonDREAM-Mexico-2864

No primeiro final de semana no México, nós viajamos para o norte para conhecer algumas cidades coloniais, mas o objetivo maior era encontrar o Rodrigo, um amigo mexicano. Eu conheci o Rodrigo em 2006 quando morei na Croácia, pelo programa IAESTE e desde então nós não nos víamos. Quando decidimos ir para o México, eu entrei em contato com ele, e combinamos que nos encontraríamos ao menos para matar as saudades depois de tantos anos e passarmos alguns dias juntos para conhecer um pouquinho mais do México. O que nós não esperávamos era tamanha receptividade e hospitalidade dele, mesmo ocupado com trabalho e pós graduação! Nós passamos um final de semana sensacional e desde sexta feira a noite quando eles nos buscou na rodoviária tarde da noite, até o dia que deixamos seu apartamento, na segunda pela manhã, ele nos tratou como reis! No sábado pela manhã ele teria que acordar cedo para a aula mas fez questão de nos levar na sexta a noite para jantarmos num lugar super tradicional de tacos mexicanos e ainda rodou a cidade toda de carro para nos mostrar os bairros, a vista da cidade de Leon e o centro histórico! Claro que adoramos! Ele nos abriu sua casa e fez questão que dormíssemos no seu quarto para que nos sentíssemos mais confortáveis! Passeamos o final de semana todinho e ele nos ensinou muito sobre história e cultura dos lugares por onde passamos! Fez questão que experimentássemos pratos e doces típicos de cada local e comprava de tudo para provarmos! Fomos muito bem cuidados! O Rodrigo não mediu esforços para que nos sentíssemos muitíssimo bem!

Muito bem tratados na cantina em Arandas!

Em outro post relatamos a experiência inesquecível que tivemos nessa pequena cidade produtora de tequila! Mais um episódio que só mostra carinho e hospitalidade com nós, brasileiros! Para ler a história na íntegra, leia nossa matéria Cidades Colonais

Famosos na Luta Livre!

 O evento de luta livre no México é bastante tradicional e muito típico, e quem visita a Cidade do México não pode deixar de assistir esse espetáculo que na verdade é um grande show, pois as lutas são todas encenadas!

Mais uma vez tivemos nosso momento na luta e foi único! A Guadalupe nos levou para assistir o evento na Arena México e nos ensinou as regras e muitos palavrões para nos portarmos como verdadeiros mexicanos! Basicamente, este é um evento para desestressar e os palavrões, dos leves aos pesados, são mais do que bem vindos!

Resolvemos levar nossa bandeira do Brasil e, como ficamos num lugar super bom, estendemos a bandeira para quem sabe sermos filmados pela TV Mexicana! Não é que funcionou? E foi muito melhor que esperávamos!

Em um dado momento da luta, o Di resolveu interagir com um grupo que estava bem próximo de nós e um dos integrantes estava usando um chapéu do Chapolin Colorado! O Diego, nada discreto, gritava para chamar o Chapolin, até que uma hora ele respondeu! Eles eram um grupo bem grande, todos utilizavam a mesma camiseta e tinham faixas, apitos, buzinas e holofotes! O rapaz, quando percebeu que éramos brasileiros, se empolgou e perguntou de onde éramos! Ao dizer São Paulo, ele e todos os seus amigos começaram a berrar e aplaudir! Nos intervalos entre lutas, ele fez muita algazarra e nos apresentou para arena inteira, pedindo que todos nos desejassem boas vindas! Obviamente chamamos a atenção na TV que nos filmou algumas vezes durante a luta!

Em um dos intervalos, eles continuaram interagindo com a gente e o líder, com chapéu do Chapolin, resolveu apelidar o Di de Jesus Cristo! E advinha se não ficaram até o final cantando aquele música típica do Jesus Cristo: “Jesus Cristo, Jesus Cristo, Jesus Cristo jo estoy aqui”!!! E o legal é que o resto da arquibancada acompanhava a cantoria! Foi demais!!!

O que não sabíamos era que o tal grupo é a torcida organizada do bairro mais barra pesada da cidade do México: Tepito! Como a tradução para a palavra torcida é “Porra”, fizemos amizade com os caras da “Porra de Tepito”!!! Quem diria, não?!

A sorte é que gostaram de nós. Segundo a Guadalupe, se fossemos gringos (americanos), certamente teria sido bem diferente, já que eles (gringos) não são muito bem vindos por aqui.

Ao final da luta o Di foi tirar foto com a “Porra de Tepito” que, mais uma vez, retribuiu com gargalhadas e brincadeiras.

Resolvemos tirar uma foto na entrada da arena, em frente a um cartaz com lutadores mascarados. Para a nossa surpresa, algumas crianças e um casal que formavam uma família pediram empolgados para tirar foto com a gente!!!! Os brasileiros famosos e o Jesus Cristo!!

HANDSonDREAM-Mexico-3054

Tivemos nossos 15 minutos de fama no México!!! Foi absolutamente demais!

Despedida e Bolo de Boa Viagem

Mais uma vez, o Gustavo e a Guadalupe nos proporcionando momentos maravilhosos!!! No nosso último dia na cidade do México, nós fomos cozinhar na casa da mãe da Guadalupe. Ela é um doce de pessoa e nos fez nos sentir em casa desde o primeiro momento! Nós fizemos um jantar brasileiro com direito a escondidinho, farofa, brigadeiro de sobremesa e muita caipirinha.

Além  nós cinco havia mais um casal de amigos deles, que chegou mais tarde!

Tivemos uma tarde e uma noite muito agradáveis e uma sensação muito boa de estar na casa de velhos amigos queridos! Na hora do café, eles fizeram questão de nos comprar um bolo que tinha uma mensagem: BOA VIAGEM!!! Imagina se não ficamos super felizes com a demonstração de carinho! Para fechar, seguindo a tradição mexicana, cortamos o bolo juntos, fizemos um pedido e segundo orientações, precisamos morder um pedaço do bolo, sem cortar o bolo, também juntos. No momento da mordida, eles empurraram o bolo direto na nossa cara! E juraram por todos os santos que fazia parte da tradição!!

HANDSonDREAM-Mexico-3240

Foi muito divertido!!

 Junto a todos estes acontecimentos tivemos outras várias manifestações anônimas de carinho por nós, brasileiros. Sentimos e vivenciamos o quanto o povo mexicano gosta da gente e o quanto nos respeitam. Esperamos que o restante de nossa estadia neste país rico de histórias seja tão maravilhosos quanto os nossos dias iniciais!

Agora, mais do que antes, podemos dizer: Viva México!!!

cialis coupon online

Converse com a gente!

Comentários