Ambulatório do Viajante | Hands on Dream

Indo ao Médico de Viagem

Gabriela Muniz Uncategorized

Na quinta feira dia 16/05 fomos ao Ambulatório dos Viajantes no Hospital da Clínicas. Saímos de lá com 4 vacinas tomadas cada um, uma lista de vacinas a tomar até o final do mês e receitas médicas para muitos dos sintomas possíveis durante a viagem. Além disso saímos com uma excelente impressão do serviço oferecido e com a sensação de missão cumprida.

Ambulatórios dos Vaiajantes | Hands on Dream

Como prometido vamos dividir aqui todas as nossas impressões e as dicas recebidas. Entretanto isso não deve de maneira alguma substituir o agendamento de tal consulta, já que as recomendações são específicas para cada um, e de acordo com a viagem realizada.

A Consulta

Ambulatório dos Viajantes | Hands on DreamGeralmente uma consulta ao médico do viajante deve ser realizada de 4 a 8 semanas antes da viagem, para possibilitar qualquer tipo de tratamento que venha a ser necessário ou para tomar as vacinas essenciais, que muitas vezes devem ser aplicadas em mais de uma dose. No entanto, os viajantes de última hora também podem se beneficiar da consulta pelas orientações que ela oferece.

Nós chegamos ao ambulatório no horário marcado e precisamos preencher dois formulários com dados pessoais, histórico de doenças, cirurgias e os lugares por onde passaríamos.

A primeira parte da consulta foi uma mini palestra realizada por duas médicas infectologistas. Recebemos algumas orientações básicas de grande utilidade:

– Evitar comida de rua se possível, em continentes como a África e Ásia;

– Evitar alimentos crus, não lavados ou muito condimentados;

– Utilizar hipoclorito para filtrar água ou preparar alimentos crus;

– Evitar água que não seja engarrafada e principalmente gelo;

– Comprar água engarrafada em grande centros, hotéis, mercados, etc.;

– Consumir preferencialmente bebidas gasosas como refrigerantes;

– Utilizar o repelente Exposis no corpo a cada duas horas e nas roupas;

– Evitar sair em horas de maior incidência dos insetos;

– Utilizar roupas claras em trilhas ou locais de incidência de insetos;

– Utilizar um mosquiteiro nas caminhadas e dormir em locais protegidos;

– No caso de voos longos, sempre se movimentar para evitar trombose;

– Fazer um bom seguro saúde que cubra todas as atividades realizadas durante a viagem;

– Sempre procurar auxílio médico no caso de sintomas prolongados.

A segunda parte da consulta foi exclusiva pois foi orientada de acordo com o nosso roteiro. Contamos às médicas por onde passaríamos e o tempo estimado e a partir disso, nos prescreveram receitas de medicamentos específicos que fomos orientados a levar conosco, além de uma pilha de vacinas para tomar.

Tomamos as vacinas lá mesmo, de graça, e será necessário voltar para tomar mais algumas. Abaixo as vacinas indicadas para nós, lembrando que passaremos por quase todos os continentes:

Ambulatório dos Viajantes | Hands on Dream

– Febre Amarela*

– Raiva

– Influenza

– Tétano

– Hepatite B

– Tríplice (Sarampo/Caxumba/Rubéola)

– Febre Tifoide**

– Hepatite A **

– Meningocócica Quadrivalente**

– Encefalite Japonesa***

 *É obrigatório certificado internacional de Febre Amarela que pode ser emitido lá mesmo. Mais detalhes sobre os locais clique aqui
** Vacinas não disponíveis na rede pública
***Essa vacina não está disponível no Brasil mas será importante procurarmos um local para tomar quando estivermos na Ásia

Depois de tantas vacinas, o baque foi grande! Eu tive febre e calafrios a noite toda depois de tomar 4 vacinas no mesmo dia (máximo permitido). O Di não teve nada no primeiro dia mas ontem após retornarmos ao HC para mais algumas vacinas, passou o dia todo com dores no corpo e febre.

No final, o que achamos?

Recebemos muitas informações que já tínhamos conhecimento mas ainda assim gostamos muito do trabalho oferecido. Desde o preenchimento dos formulários até o atendimento exclusivo com as médicas, fomos atendidos com muito cuidado e atenção e não pagamos nada por isso!

No que diz respeito a vacinação essa visita foi de fato essencial pois dificilmente saberíamos quais as vacinas mais adequadas para cada país visitado. E ainda tivemos a comodidade  de tomar todas em um único local.

Estamos muito satisfeitos e recomendamos o serviço para todos os genericviagraonlinestore viajantes!

Para você que chegou agora não deixe de ler o nosso post sore a introdução de Medicina de Viagem.

Na próxima matéria falaremos mais sobre as principais doenças na estrada. Não deixe de nos acompanhar!

Converse com a gente!

Comentários