Paíspedia Costa Rica

HANDSonDREAM-México-1020

HoD_COSTARICA-01 Data Início:             31/10/13
Data Fim:                09/11/13
Dias Viajados:        10
Cidades Visitadas:  7
Valor Médio do Dolar: R$ ??
Gasto Médio Diário: US$ ???? (casal)

ROTEIRO

San Jose – Zarcero – La Fortuna – Monte Verde – Manoel Antonio – Santa Helena – Alahuela

NOSSAS IMPRESSÕES

PURA VIDA! Esta é a forma como os costarriquenhos se saúdam e como levam a vida. Um país lindíssimo! Comparado com os outros países da América Central, é um país caro e desenvolvido, além de não negar a fama de ser um país verde tendo mais de 20% de seu território como Parque Nacional! A viagem pelas estradas do país já é um colírio para os olhos! Os esportes radicais e ecoturismo são os principais atrativos do país. Tirolesa, surf, rafting, trekking e muitos outros esportes podem ser encontrados por lá. Nossa experiência com o povo foi um pouco mais distante do que estamos acostumados pelo fato de termos viajado de carro, mas tivemos momentos bastante agradáveis. Nossa visita a um hospital em San Jose nos deixou de queixo caído pela estrutura, pela cordialidade e pela agilidade do atendimento.

VISTOS

SEGURANÇA

Custos:

Entrada:  US$ 1,00/pessoa (outubro 2013)

Saída: não pagamos nada!

Não é necessária a solicitação prévia de visto. Na alfândega, ao entrar no país, nós brasileiros temos apenas que dizer a quantidade de dias que ficaremos no país e pronto, visto dado!

O mais complicado aqui é o seguinte… a alfândega solicita que seja apresentado um comprovante de saída do país. Ou seja, se você está planejando viajar por terra, tem um roteiro aberto e não sabe exatamente a data de saída, repense um pouco para ir à Costa Rica!

Após a invasão de mais de um milhão de nicaragüenses (lembrando que a população é de apenas 5 milhões), o governo da Costa Rica está solicitando a todas as pessoas que entram no país um comprovante de saída. Apesar de não ser explícito de que esta é uma medida para evitar a imigração ilegal, imaginamos que a exigência é arbitrária e ao gosto do fiscal da imigração.

Como diria um professor que tivemos: enquanto uns choram, outros vendem lenços! Logo na entrada da alfândega há duas companhias (TicaBus e NicaBus) que vendem passagens de ônibus para garantir a saída da Costa Rica. NOSSA DICA: vá primeiro para a alfândega e veja se solicitarão ou não o comprovante. Se solicitarem você volta e compra a passagem! Simples assim. Para nós não solicitaram nada e passamos tranquilamente. Como não tínhamos a dica que demos aqui, infelizmente compramos a passagem antes. Faz parte do jogo…


Por termos viajado em um outro estilo, sem depender muito dos serviços públicos, nossa sensação foi de segurança em quase todos os lugares por onde passamos. Entretanto, nos hospedamos num hotel em La Fortuna sem ter tempo de ler as referênciasEm San Jose, que caminhamos bastante pelo centro da cidade, a sensação de segurança durante a noite não foi tão grande assim. Fomos informados por locais que não deveríamos andar em locais escuros e pouco movimentados em qualquer hora do dia. Portanto, assim que começou a escurecer, voltamos ao hostel. Apesar de se mais desenvolvido que os outros países centro americanos, ainda é um país de terceiro mundo que apresenta problemas de segurança, principalmente por ter tantos turistas. Por isso é importante estar sempre alerta

TRANSPORTE

DINHEIRO

DENTRO DAS CIDADES

Utilizamos transportes públicos somente em San José, antes de alugarmos o carro que nos permitiu viajar pela Costa Rica. Fomos de ônibus circular até o aeroporto. Eles são um pouco mais confortáveis que os convencionais e partem do centro da cidade. Todos os hostels e hoteis sabem informar direitinho o ponto de partida. A diferença de preço entre o ônibus público e um shuttle privado até o aeroporto é gigantesca. O público custa menos de US$ 2,00 por pessoa e o privado cobra US$ 25,00.

Quanto aos taxis, vale mais a pena trabalhar no taxímetro do que acordar um valor com o motorista. Eles geralmente cobram mais por um valor fechado. Na noite em que chegamos na Costa Rica, não sabíamos dessa informação e acabamos pagando mais que devíamos para chegar ao hostel.

ENTRE CIDADES

Neste quesito vamos ficar devendo.Nos movimentamos pela Costa Rica com um carro alugado e, portanto, não experimentamos transportes públicos entre as cidades.

ALUGUEL DE CARRO

Não há necessidade de alugar um carro mas se você tem um budget que te permite, nós realmente recomendamos! As estradas são maravilhosas e entre as principais cidades turísticas há outras cidades muito charmosas que merecem uma visita. Com um mapa é fácil de se locomover, dispensando a necessidade de GPS.

HANDSonDREAM-México-0813

Moeda: Colones ($ MXN)

Referência: US$1,00 = $ 12,00 MXN (Julho 2013)

Há caixas eletrônicos espalhados por todo o México e praticamente todos te permitem sacar dinheiro da bandeira Visa ou Mastercard. Portanto quanto a isso é muito tranquilo. Mesmo nas cidades pequenas, há disponibilidade.

Nós temos os Cash Passport da bandeira Mastercard e o banco que cobra a menor taxa de saque é o Banamex, que inclusive é parceiro do Citibank. Para quem deseja trocar dólares por Pesos Mexicanos, sem dúvida a melhor taxa que encontramos no país inteiro foi no banco Banorte. Ele está presente em todos os lugares e tem melhores taxas que qualquer casa de câmbio que vimos. E é super simples de trocar. Basta levar uma cópia do passaporte. Nas cidades menores as vezes há um limite semanal de troca de dólares.

DICA

Os cartões pré pago, de crédito e de débito nacionais sempre cobram uma taxa de saque no exterior que varia de US$ 2,00 a US$ 3,00, dependendo do país e do banco. Por essa razão recomendamos sempre sacar o máximo permitido pelo caixa eletrônico para evitar pagar tantas vezes a mesma taxa

NOSSAS RECOMENDAÇÕES DE HOSPEDAGEM

  • Historia Lodge (Monte Verde)
  • Hostal Gaia (Manuel Antonio)

Como estávamos com a ilustre compania da mãe da Gabi, resolvemos ficar em alguns hotéis melhores. Assim, o bucget

 

CULINÁRIA IMPERDÍVEL

RESTAURANTES PREFERIDOS

Não achamos a comida da Costa Rica nada especial… Como em todo o restante da América Central, a base da comida é arroz, feijão e banana.

Mesmo assim, se for até a Costa Rica não deixe de provar o café da manhã típico e o almoço.

El Gallo Pinto – Café da manhã

Arroz e feijão acompanhado de… alguma coisa!! Pode ser ovo, carne de boi, frango ou peixe! É isso mesmo… começam o dia já bem alimentados.

Casado

Arroz, feijão, banana frita, frango/carne/peixe e um macarrãozinho ou batatas. É gostoso! A banana não é tão boa quanto a que comemos no Brasil. Na verdade é uma outra variedade de banana, que chamam de platanos. É menos doce e só é utilizado para cozinhar.

HANDSonDREAM_CostaRica-0847 HANDSonDREAM_CostaRica-0972

Puerto Escondido

Praia Zicatela – Fish Taco & Beer: blablabla

Cidade do México

El Moro: blablabla

PARA ENCHER A CARA

Cerveja Imperial

É a mais popular e mais facilmente encontrada em todo o lugar. Depois de tanto tempo sempre escolhendo cervejas pelo preço, esta é bem aceitável!

Sucos de Fruta

Aqui a variedade de frutas começa a ficar interessante e sai um pouco do padrão papaya/banana/abacate/abacaxi. Aqui se encontram várias outras frutas e um suquinho vai muito bem!

ONDE VOLTARÍAMOS

O QUE DISPENSARÍAMOS?

Basicamente, voltaríamos a todos os lugares que visitamos na Costa Rica, exceto a capital San José! Cada cidade tem um atrativo especial e adoramos nossa estadia neste país!

Zarcero

Cidade situada nas sinuosas estradas que ligam San Jose a La Fortuna. A parada por lá é obrigatória! O parque central é cheio de criações do tipo Edward Mãos de Tesoura. Caras, animais e túneis feitos com árvores naturais tornam a visita muito divertida. E como sempre, a praça vem acompanhada de uma igreja que, por sinal, é linda! Vale muito apena uma parada na cidade!

La Fortuna

Uma cidade construída ao pé do Vulcão La Fortuna. Tem basicamente uma rua principal cheia de restaurantes e lojinhas, bastante turística, e bem agradável! A paisagem de entardecer, com o vulcão surgindo no final da rua principal, é memorável!

A visita ao vulcão não precisa de guia! Veja dica no final desta sessão!

Vulcão Poás

A cidade de Alahuela, a mais próxima do vulcão, é descartável. Vá direto para o vulcão e busque hospedagem na estrada principal. A visita ao vulcão é sensacional, tendo a lagoa na boca do vulcão como principal atrativo. Há ainda uma segunda lagoa em outra boca de vulcão, conectada por uma agradável trilha no meio da mata!

Monte Verde

A capital dos esportes radicais e das Cloud Forest. Sensacional! Fizemos aqui o Zipline (tiroleza) e o Tarzan Swing (salto de uma plataforma em uma corda fazendo um pêndulo). Foram 11 tirolezas, sendo uma de 1,5km de distância e finalizamos com o super-hiper emocionante Tarzan Swing!

Além dos esportes radicais, a cidade vizinha Santa Elena é agradável para uma caminhada e para jantar, além de outros restaurantes bacanas no meio da estrada. Sem falar na fábrica de queijo, com deliciosas opções de queijo e um tour bastante informativo sobre o processo produtivo!

Manuel Antonio

O Parque Nacional Manuel Antonio conta com uma trilha dentro da mata fechada, que tem como principal atração os pássaros, e algumas praias maravilhosas.

A caminhada é bastante agradável e pareceu bastante! Fizemos apenas parte dela, pois não tinhamos muito tempo, e logo fomos para as praias.

A principal praia é linda! Um visual sensacional e uma praia convidativa para um bom banho de mar. Mas… Os macacos e os guaxinins são infernais e ficam só aguardando uma vacilada para levar embora sua mochila ou lanche! Esta acaba sendo a principal atração da praia! Os animais andam em bando e estão constantemente atacando algum turista distraído! Um deles perdeu uma bolsa e não recuperou mais!

A praia pública de Manuel Antonio não tem nada de mais! Na Av. Beira Mar há algumas lojinhas e uns restaurantes agradáveis… e só!

DICA

Guias.. utilizar ou não?

Recomendamos caso você queira localizar animais na mata! Eles andam com um binóculos potente e tem a visão autamente treinada para encontrar os animais que você jamais seria capaz de encontrar sozinho. Não há necessidade de guia se você quiser apenas realizar e curtir a caminhada. Os caminhos são demarcados e normalmente você consegue mapa ou instruções na entrada do parque.

San Jose

Uma cidade grande sem grandes atrativos. Muito agitada, tem um centro com algumas ruas fechadas somente para transito de pedestres e milhares de lojinhas e vendas nas ruas. Muito parecido com o que temos no centro de São Paulo, por exemplo.

 

EXPERIÊNCIAS ÚNICAS

DCIM100GOPRO HANDSonDREAM_CostaRica-0838 HANDSonDREAM-Mexico-3800 HANDSonDREAM_CostaRica-9760 HANDSonDREAM_CostaRica-9774

Zip Line (Tiroleza)

Sem dúvidas uma experiência única, cheia de adrenalina e diversão!!!! Não deixe de curtir um dos vários tours ofertados em Monte Verde.

Lago na Cratera do Vulcão Poás

Um visual muito diferente e impressionante. Estar diante de um vulcão ativo, assistindo as fumaças lançadas pelo lago que há na cratera do vulcão é demais! Além disso, a expectativa para que o tempo abra e as nuvens saiam da frente da lagoa é um atrativo que brinca com nossa expectativa e faz a experiência ainda mais única!